Jornalismo

Chico Pinheiro e o Jornalismo

Chico Pinheiro iniciou sua carreia no Diário de Minas nos anos 70. Foi repórter da sucursal mineira do Jornal do Brasil e Chefe de Reportagem da TV Globo Minas. Em 1982, assumiu a função de professor de Comunicação na UFMG, por concurso público federal.

Em 1989 foi contratado pela TV Bandeirantes em São Paulo onde permaneceu por seis anos, trabalhando como editor e apresentador do Canal Livre, e como âncora do Jornal da NoiteJornal de Domingo e Jornal da Bandeirantes. Já em 1995 assumiu o cargo de diretor de jornalismo da TV Record e de âncora do Jornal da Record. Em 1996 trabalhou na Rádio CBN também como âncora do Jornal da CBN onde permaneceu até 1997. Também no ano de 1996, Chico retornou à TV Globo como apresentador do Bom dia São Paulo e editor do Bom dia Brasil participando do projeto de criação e implantação do novo SPTV, no formato de jornalismo comunitário. Desde então passou também a apresentar eventualmente o Jornal Nacional e o Jornal da Globo.

No ano de 1998, Chico Pinheiro começou a apresentar o programa Espaço Aberto na Globo News, onde entrevistou importantes nomes da cultura brasileira, especialmente da música e do teatro. Em 2007 o Espaço Aberto é reformulado e passa a ser Sarau, programa de entrevistas semanal da Globo News onde Chico recebeu grandes nomes da música brasileira como Caetano Veloso, Nana Caymmi, Gilberto Gil, Maria Bethânia, Zeca Pagodinho, Martinho da Vila, Erasmo Carlos, Milton Nascimento, e inúmeros outros artistas. Em 2011, após treze anos à frente do SPTV, Chico Pinheiro assumiu a bancada do telejornal Bom dia Brasil como âncora, posição que permanece ocupando.

Saiba mais:

Chico Pinheiro e a Música

contato@saraudochicopinheiro.com.br