10/08_A voz de sucesso de Agepê

Por:Sarau do Chico Pinheiro
Música tem História

10

ago 2016

Em 10 de agosto de 1942 nascia no Rio de Janeiro Antônio Gilson Porfírio. De origem pobre e vivendo no Morro do Juramento, o menino Antônio cresceu em meio a dificuldades, ajudando a mãe e trabalhando bastante. Até decidir-se decisivamente pela música, já com mais de trinta anos de idade, serviu à aeronáutica e trabalhou na estatal Telerj. Ao abraçar a carreira artística tornou-se Agepê e conquistou reconhecimento em todo o Brasil.

O primeiro grande sucesso foi de sua própria autoria, o samba “Moro onde não mora ninguém” em parceria com Canário, gravada no ano de 1975 e regravado posteriormente pelo cantor Wando e diversos outros artistas. O seu maior sucesso, no entanto, é “Deixa eu te amar” parceria com Vamilo e Mauro Silva, que atravessa gerações e ainda hoje é bastante tocado e regravado. Recentemente o sambista Diogo Nogueira gravou o samba “Deixa eu te amar” e ainda a música “Me Leva”, de autoria de Toninho Geraes e Serginho Beagá lançada nacionalmente por Agepê em 1992.

Agepê marcou época, obteve grande sucesso e viu seu estilo romântico e extremamente popular ser mal falado e por vezes discriminado. Apesar disso, nada impediu que Agepê, que era também integrante da ala de compositores da Portela, vendesse milhões de discos e escrevesse seu nome na história da música brasileira.

Neste Música Tem História trazemos o sucesso “Deixa eu te amar” na voz de Diogo Nogueira e também o próprio Agepê cantando “Moro onde não mora ninguém” e “Me Leva”.


Comentários

Ainda não recebemos comentários. Seja o primeiro a deixar sua opinião.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Comente com o Facebook

Compartilhe:

contato@saraudochicopinheiro.com.br